De onde vêm as grandes ideias?


gif

Todos nós queremos ser mais criativos, inovadores, ter mais ideias para facilitar nossas tarefas, crescer na carreira ou nos nossos negócios.

Quando pensamos em grandes ideias ou ideias brilhantes nossa memória cria aquela clássica imagem de uma lâmpada surgindo na cabeça de alguém, como um passe de mágica. Essa metáfora nos traz a impressão de que o processo de criação é rápido e repentino, que surge como um momento mágico.

Mas as coisas não são desse jeito, quem dera os fosse.

Mas as grandes ideias não surgem do nada, elas são um emaranhado do nosso aprendizado e de nossas experiências.

Daquilo que experienciamos, vemos, ouvimos e lemos.

O professor de Criatividade, Murilo Gun certa vez chamou de “cinto do Batman”, essa junção de conhecimentos diversos que se tornam ferramentas que podem nos ajudar em algum momento de nossas vidas.

E quanto melhores as “ferramentas”, mais aguçada será nossa maneira de criar, inovar e encontrar soluções.

E o mais legal de tudo isso é, quanto mais compartilhamos mais aprendemos, quanto mais observamos o mundo sob pontos de vista diferentes, mais aprimoramos as ideias que já temos.

Quanto mais conexões mentais nós fazemos, melhor!

Pense, se você fosse o Batman, como estaria seu cinto?

Cheio de ferramentas para lhe ajudar em momentos de adversidade para salvar Gotham City ou vazio, te deixando vulnerável ao Coringa?


gif

Segundo o pesquisador Steve Johnson, na grande maioria dos casos, as grandes ideias surgem da colisão de dois palpites que, juntos, dão ensejo a algo maior. Ele chama esse processo de “colisão de palpites parciais”.

Seriam estes palpites, pequenas ferramentas que fazem parte do mesmo cinto?

Ou seja, junção de coisas pequenas, que por vezes parecem nem ter sentido mas quando analisadas de pertinho fazem parte de uma engrenagem maior que fazem as ideias acontecerem após um período de maturação.

Ahh, apenas para finalizar, não existe ideia boa ou ruim, existem ideias que ainda podem ser melhoradas.

Let´s Rocket the World!

Fonte de inspiração:

Murilo Gun - Professor de criatividade, Humorista e um monte de outras coisas legais.

Steven Johnson - Pesquisador Norte-Americano e autor do livro “De onde Vêm as boas ideias



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo